25 de maio de 2020

POLÍTICA


VIDEOS DO PREFEITO FORA DO AR


Desde 2017, o prefeito de Jaraguá do Sul Antídio Lunelli (PMDB), estava se beneficiando de recursos da prefeitura e do trabalho de um servidor comissionado para se promover tanto pessoalmente como politicamente. É isto que afirma o Ministério Público de Santa Catarina (MPSC), que obteve tutela de urgência para a imediata paralização da produção, edição e divulgação dos vídeos intitulados “Semana do Prefeito Antídio Lunelli”. 

Segundo a ação, ajuizada pela 6ª Promotoria de Justiça local, os vídeos, disparados por meio do WhatsApp desde 2017, seriam produzidos ilicitamente com a utilização de recursos humanos e materiais do Município de Jaraguá do Sul, mesmo porque o próprio prefeito informou, no curso do inquérito civil, que a mídia não integra a propaganda institucional do ente público. 

A medida liminar foi requerida para estancar de imediato a irregularidade constatada. Diante dos fatos apresentados, o Juízo da Vara da Fazenda Pública da Comarca de Jaraguá do Sul deferiu o pleito emergencial, considerando suficientes os indícios de ilegalidade demonstrados pelo Ministério Público, inclusive frisando que, “por ser o corrente ano eleitoral, a manutenção na divulgação dos vídeos sobre feitos do atual Chefe do Executivo Municipal, com utilização de recursos públicos e que atinge um número indeterminado de pessoas, não deixa de representar uma ‘vantagem indevida’ ao candidato à reeleição, podendo afetar a igualdade na disputa (art. 73 da Lei n. 9.504/1997)”.
A decisão é passível de recurso.

21 de maio de 2020

POLÍTICA


Eduardo Bertoldi diz porque defende reeleição de LUNELLI


4 PERGUNTAS PARA EDUARDO BERTOLDI

Eduardo Bertoldi, 39 anos, formado em Direito, casado com Adriana Bertoldi, pai de dois meninos Henri Bertoldi - 12 anos e Henzo Bertoldi - 2 anos. Já esteve por 4 anos a frente da Assessoria Jurídica da Câmara de Vereadores. No ano de 2017 assumiu a Controladoria Geral do Município e atualmente é o Secretário de Planejamento e Urbanismo e presidente do MDB Jaraguaense.

Panorama - Qual é o projeto do MDB para este ano em Jaraguá do Sul?

Eduardo Bertoldi - Primeiramente, temos que vencer esta crise causada pelo coronavírus que impacta não só a saúde, mas todas as áreas, incluindo a economia. Depois, o projeto é fazer Jaraguá do Sul continuar no caminho certo, com uma administração séria, competente, de resultado, admirada no cenário estadual e nacional. Politicamente, temos o objetivo de manter pelo menos três cadeiras na Câmara e reeleger o prefeito Antídio Lunelli para que ele possa dar sequência aos projetos iniciados. Lunelli tem uma capacidade de gestão como poucos homens no mundo, seja políticos ou empresários, têm. Ele sempre enxerga na frente, lidera a equipe, reúne diferentes atores da sociedade para pensar em soluções conjuntas como tem sido agora com o Comitê Extraordinário de Combate ao Coronavírus. Ele se preocupa tanto com o macro quanto com o detalhe, cobra o milhão, mas também o tostão. Nas finanças deu uma verdadeira aula, um case para política nacional.

Panorama - Quais os resultados que destacaria?

Edsuardo Bertoldi - O resultado desse cuidado com dinheiro público é visto nas ruas da cidade, que estão mais bonitas, mais limpas e iluminadas. Educação sendo pioneira em meio a esta pandemia. A nossa saúde dando conta de um desafio que abalou o mundo inteiro. Isso tudo com obras. Serão mais de 100 quilômetros de pavimentação. Os primeiros parques públicos do município. Reivindicações históricas como a ponte da Barra do Rio Cerro sendo tiradas do papel. Segurança hídrica, saneamento básico de ponta. Nenhuma outra administração chegou perto. E é por isso que a reeleição de Lunelli é prioridade para nós. Porque sabemos que ele pode fazer ainda mais, melhorar nos 20% que ele sempre diz que falhamos. Penso que temos uma responsabilidade com o Município de manter este caminho.


Panorama -  Quais serão os argumentos do partido para defender a reeleição do prefeito Antídio?

Eduaardo Bertoldi - Os resultados falam por si. É questão de entrega. Claro que também há questões a melhorar e o Antídio sempre cobra isso. Ele é um insatisfeito por natureza. Mas uma avaliação justa vai mostrar que nunca ninguém conseguiu fazer tanto. Em meio a esta pandemia, por exemplo, Jaraguá do Sul está equilibrada economicamente lançando um pacote de medidas para auxiliar quem precisa, comprando insumos com preços bem abaixo da média e dando continuidade às obras. Isso só é possível porque a administração arrumou a casa e apertou o cinto quando precisava.

Panorama -  Quem será o candidato a vice-prefeito?

Eduardo Bertoldi - Essa é uma decisão a ser tomada pelo prefeito Antídio Lunelli juntamente com seu partido e logicamente com partidos que estão compondo a coligação. Não está na pauta ainda. Agora o foco é sair o melhor possível desta crise toda.

18 de maio de 2020

PROCESSO SELETIVO


Samae abre processo seletivo para acadêmicos de TI


O Samae de Jaraguá do Sul comunica que está aberto até o dia 13 de maio, o Processo Seletivo para Estágio destinado a estudantes de curso técnico ou ensino superior em Tecnologia da Informação, para a Coordenadoria de TI. As inscrições podem ser feitas pelo e-mail karina@samaejs.com.br.
Os interessados devem estar cursando Técnico ou Superior em Tecnologia da Informação, entre o terceiro e o quinto semestres. As vagas serão para o turno vespertino (das 13h às 17h), de segunda a sexta-feira. Os selecionados receberão bolsa auxílio de 4,45 UPM (R$ 843,72) mensais, vale transporte e seguro de vida.
De acordo com o cronograma do Processo Seletivo, as inscrições acontecem entre 5 e 13 de maio; a avaliação dos candidatos será entre os dias 14 e 15 de maio; os selecionados serão informados no dia 15 de maio e o início do estágio está previsto para os dias 25 de maio e 1 de junho de 2020.
Para a seleção, conforme Lei Municipal 5922/2011 e Lei Ordinária Municipal 7968/2019, os candidatos deverão apresentar Atestado de Matrícula e Histórico Escolar dos semestres cursados. Mais informações podem ser obtidas com o setor de Recursos Humanos, pelo e-mail karina@samaejs.com.br.


Viação Canarinho calcula prejuízos e espera autorização para retomada do transporte público


Ainda não há definição de quando o transporte coletivo poderá retornar as atividades. Na, quinta-feira (14), representantes do Governo do Estado ensaiaram uma retomada do transporte em reunião com líderes do setor, mas nada ficou definido. Enquanto isso, a Viação Canarinho tenta minimizar os prejuízos causados com a crise do coronavírus.
A receita da empresa caiu em 94% e 42 motoristas tiveram os contratos de trabalho desligados, como informa o gerente administrativo da Viação Canarinho, Diego Bogo.
De acordo com o governador Carlos Moisés, em pronunciamento na última quarta-feira, dia 13, uma portaria com regras para o retorno do transporte coletivo está sendo elaborada. A circulação de ônibus deve ser liberada por região do Estado, seguindo os números de contaminação nas localidades.

14 de maio de 2020

POLÍTICA


Dr. Vicente defende imprensa livre e condena ataques a meios de comunicação


O deputado estadual Dr. Vicente Caropreso  (PSDB) fez enfática defesa da liberdade de imprensa durante a sessão plenária desta terça-feira, 12, na Assembleia Legislativa de SC. Ele  condenou toda e qualquer medida de ataque  ou  de cerceamento a órgãos de comunicação. “Que fique claro, isso vale para todos os governantes, seja em Brasília ou aqui. A hora que se tenta cercear, calar a boca ou dar apelidos depreciativos para certos veículos de comunicação, taxando eles de lixo, etc, se está atentando contra a democracia, contra um poder livre que norteia muitas vezes o destino do país.”

O deputado apoiou manifestação apresentada pela Associação Catarinense de Emissoras de Rádio e Televisão (Acaert), que considerou as declarações do governador Carlos Moisés da Silva (PSL), feitas em uma videoconferência com empresários, realizada na semana passada, como uma tentativa de cercear a imprensa.  Na ocasião, o governador criticou a cobertura de alguns veículos e sugeriu cancelamento de publicidade.

O deputado fez um alerta a todos os políticos,. “É importante que todos se dispam do fanatismo, seja de esquerda ou de direita. Ninguém foi eleito para destruir ninguém. Fomos eleitos para representar o povo e representamos o povo respeitando a democracia, que hoje se encontra sob risco no Brasil.”

5 de maio de 2020

SEM FESTA


32ª Schützenfest é adiada para 2021

Reflexo da pandemia do coronavírus, que mudou a rotina da população em todo mundo, a Prefeitura de Jaraguá do Sul determinou o adiamento da 32ª Schützenfest, agendada para ocorrer entre 5 e 15 de novembro desse ano, para novembro de 2021. A decisão foi anunciada nesta segunda-feira no dia 4 de maio, após a reunião do Comitê Gestor de Crise, estabelecido pelo Município para tratar dos assuntos relativos à pandemia de Covid-19.
Três fatores pesaram na decisão. O primeiro foi a necessidade de, no momento, concentrar investimentos na Saúde. O segundo é a impossibilidade de fazer todas as licitações que envolvem um grande evento como a Schützenfest em tempo hábil. O terceiro ponto é a questão da proteção á saúde, já que é impossível prever, por enquanto, quais serão as medidas de restrição impostas até novembro.

O prefeito de Jaraguá do Sul, Antídio Lunelli, ressaltou que, tendo em vista o direcionamento de recursos e esforços para o combate à pandemia e a queda na arrecadação prevista no Município, a maior parte das despesas públicas estão sendo revistas. “Nesse momento, há a necessidade de darmos andamento às obras já iniciadas e focar na Saúde, por isso, foi preciso repensar a realização da festa. Sei que, no próximo ano, a comunidade estará integralmente dedicada à nossa Schützenfest”, destacou Lunelli.

29 de abril de 2020

Dr.  Vicente apoia apuração de processo de compra de respiradores pelo governo SC



“É preciso que se apure os fatos, mas a urgência é ter os equipamentos para salvar vidas. Esse é o foco no momento”

O deputado estadual Dr. Vicente Caropreso reagiu à informação de possível irregularidade na compra de 200 respiradores artificiais pelo governo estadual com dispensa de licitação, ao custo de R$ 33 milhões. Ele votou favorável ao requerimento que foi aprovado em plenário nesta terça-feira, 28, que pede a documentação de todo o processo de compra. “Temos o dever de fiscalizar. Alesc tem que ir a fundo e avaliar todo esse processo para esclarecer a sociedade”, disse Dr. Vicente, vice-presidente da Comissão de Saúde da Assembleia Legislativa.

O deputado revelou preocupação com a falta do equipamento diante do crescente aumento de casos de pessoas com Covid-19 em todas as regiões do Estado. “Respiradores artificiais são vitais no tratamento da doença. É preciso que se apure se os processos de compra foram corretos e transparentes, mas a urgência é ter os equipamentos para salvar vidas. Esse é o foco no momento”.

A informação de possível irregularidade na compra dos equipamentos foi noticiada pelo site jornalístico The Intercept Brasil. A reportagem aponta que o governo catarinense comprou, sem licitação, da distribuidora Veigamed, do Rio de Janeiro, 200 respiradores, por R$ 33 milhões, em março deste ano. O pagamento total do valor foi feito no dia 1º de abril. Porém os equipamentos que deveriam ser entregues no mesmo mês, só chegaram em junho, conforme a reportagem.  A empresa também comunicou ao governo que haverá substituição do modelo do respirador artificial  por outro, que teria um configuração inferior ao que está no contrato de compra devido a escassez do produto do mercado mundial.

Em comunicado divulgado pela Secretaria de Estado da Saúde e mencionado durante a sessão pelo deputado Dr. Vicente, o órgão afirma que instaurou sindicância para apurar a compra e afastou, na última sexta-feira (24), a servidora responsável pela aquisição. A Secretaria também notificou a empresa para o cumprimento do prazo da entrega dos respiradores. A empresa enviou um novo cronograma em que se compromete a entregar os 200 respiradores até o dia 20 de maio.

“O governo não se omitiu, está tomando providências. Mas os fatos precisam ser devidamente analisados em prol da transparência e do bom uso dos recursos públicos.  Vivemos um pandemia, exigimos que o governo seja ágil na solução das dificuldades, como é a falta desse tipo de equipamento para o funcionamentos de mais leitos de UTIs, mas isso não pode significar descuido e menos rigor”.

27 de abril de 2020

ECONOMIA


Campanha incentiva o consumo de produtos e serviços de Jaraguá do Sul


Unir esforços para alavancar as vendas e acelerar o processo de recuperação econômica, driblando os desdobramentos negativos causados pela pandemia do coronavírus. Esse é o mote da campanha “Nessa corrente, é seguro dar as mãos – Compre no comércio local”, lançada pela Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Jaraguá do Sul.

A iniciativa conta com apoio da Associação Empresarial de Jaraguá do Sul (Acijs), Associação das Micro e Pequenas Empresas e do Empreendedor Individual do Vale do Itapocu (Apevi) e da Prefeitura de Jaraguá do Sul, por meio da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Inovação (Sedein).

O principal foco é o incentivo ao fortalecimento da cadeia produtiva de Jaraguá do Sul. Segundo a presidente da CDL de Jaraguá do Sul, Talita Beber, a intenção “é mostrar à comunidade o impacto positivo provocado pela escolha de produtos, serviços e estabelecimentos locais”. A entidade soma aproximadamente 1,3 mil associados, é afiliada à Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas de Santa Catarina (FCDL) e à Confederação Nacional dos Dirigentes Lojistas (CNDL).



Secretário Bussolaro destaca iniciativa

O secretário municipal de Desenvolvimento e Inovação, Neivor Bussolaro, considera como “de suma importância a campanha das entidades associativas de Jaraguá do Sul, demonstrando que com o simples gesto de adquirir produtos, contratar serviços e consumir na nossa cidade, nós alavancamos a economia e criamos um círculo positivo de desenvolvimento”.

“Vale lembrar que a manutenção de indústrias jaraguaenses, prestadores de serviços e de lojas abertas refletem o que é nossa cidade hoje, pois qualidade de vida, com segurança, creches, hospitais de referência, ensino de qualidade e lazer, passam por geração de empregos, arrecadação de impostos e economia forte”, enfatiza o secretário. 

“Prestigie o que é daqui, consuma produtos locais, contrate serviços de empresas da cidade. Juntos vamos fazer a roda da economia girar. Todos fazem parte desta engrenagem”, convoca Bussolaro.


26 de abril de 2020

POLÍTICA


Empresário pretende se doar por 4 anos para Guaramirim

Fernando Nilson Da Silva, 50 anos, natural de Guaramirim, empresário, sócio fundador da Santer empreendimentos imobiliários, formado no ensino médio, casado com Mari Deise Stringari da Silva, dois filhos, Fernanda, 18 anos,  e Tiago, 9 anos.É o pre-candidato a prefeito de Guaramirim pelo MDB. Se eleito anuncia que vai abrir mão do salario e do carro oficial do prefeito, que será destinado ao transporte de pessoas enfermas em tratamento fora do município. “ Vou me doar por 4 anos para Guaramirim”, declara.

03 Perguntas para Fernando Nilson da Silva


Panorama - O Que te motiva a disputar o cargo de prefeito de Guaramirim?

Fernando -  Eu quero fazer uma Guaramirim melhor. Como administrador Tenho certeza que posso fazer muito pelo município. A parte de infraestrutura pode melhorar muito. Tudo que eu consegui na vida foi a partir de Guaramirim. Nasci aqui, fui agricultor, comecei de baixo, hoje estamos presentes em cinco municípios, Tenho Muito orgulho de ser guramirense e quero  ajudar esse município, quero  devolver um pouco do que conquistei aqui.

Panorama – Na sua opinião quais são os principais problemas de Guaramirim?

Fernando – Tem muita coisa para melhorar. Na área de Educação temos bons professores, mas as escolas precisam de mais apoio e estrutura.  Na área de saúde faltam médicos especialistas. Os exames demoram muito. Uma pessoa que tem câncer, espera até seis meses para receber um atendimento, agravando a doença. A juventude não tem o que fazer hoje em Guaramirim. Vamos criar um espaço para eventos  no campo do seleto e em todos os bairros. Oportunamente anunciaremos muitas boas novidades para todas as áreas.




Panorama - Quem será seu candidato a vice-prefeito?

Fernando – Não está definido ainda, mas vamos escolher uma pessoa competente. Com capacidade de ser um bom gestor também, com condições para substituir o prefeito à altura, quando necessário.  Um vice-prefeito precisa ser participativo e dar sua contribuição ao municipio.






20 de abril de 2020

POLÍTICA


Prefeito de Jaraguá do Sul decreta redução do próprio salário, do vice e de todos os comissionados



O prefeito de Jaraguá do Sul Antídio Lunelli assinou decreto nesta segunda-feira, 20 de abril, reduzindo o próprio salário e o do vice Udo Wagner em 50%. Além disso, o salário dos secretários terá corte de 25% e dos demais ocupantes de cargo comissionado de 15%. Outra decisão foi o corte de 30% nos valores das funções gratificadas. A medida é válida por 60 dias e representará um total de R$ 742.412,22 (R$ 371.206,11 ao mês).
Lunelli afirma que tomou a decisão por acreditar que todos terão que dar sua parcela durante a crise. “Acredito ser um gesto importante neste momento. A crise causada por essa pandemia exige sacrifício de todos. Cabe ressaltar que não estamos mexendo no salário dos servidores efetivos, apenas dos cargos comissionados e no valor da função gratificada. Volto a pedir que cada um faça a sua parte para que a gente consiga sair mais cedo dessa situação e mais fortes”, disse Lunelli.
Os recursos servirão para dar suporte às ações de Saúde e Assistência Social.

18 de abril de 2020


Governo de SC determina uso de máscaras em estabelecimentos públicos e privados de todo estado


O governador Carlos Moisés anunciou nesta sexta-feira, 17, a determinação do uso de máscaras em estabelecimentos públicos e privados de Santa Catarina.
A decisão consta em uma portaria publicada no Diário Oficial do Estado. O mesmo documento estabelece que, ao adentrarem tais espaços, todos os cidadãos também devem higienizar suas mãos com álcool em gel 70%.
De acordo com o governador, os estabelecimentos não poderão aceitar clientes sem máscaras. Carlos Moisés aconselhou ainda que todos os catarinenses já saiam de suas casas usando os equipamentos. 
“Estamos fazendo um chamamento para as pessoas sobre a consciência do uso da máscara. Todos estão percebendo a importância de se proteger e proteger as outras pessoas”, diz o governador.
Carlos Moisés também citou um artigo científico publicado nos Estados Unidos sobre a eficiência do uso das máscara.
Segundo ele, o estudo aponta que, num período de 30 dias, um total de 100 pessoas que não usam máscaras podem infectar até 30 mil outros. Nesse mesmo cenário, mas com o uso de máscaras, o número de infectados cai para 600.

13 de abril de 2020

POLÍTICA


Partidos buscam mulheres   
     
PSL Vai lançar Luzia Wilbert para o legislativo

Luzia Wilbert

Com o veto às coligações proporcionais, partidos políticos têm feito uma corrida interna para ampliar o número de mulheres dispostas a se lançar em campanha. Como a nova regra obriga a partir deste ano que cada legenda tenha, de forma independente, ao menos 30% de nomes femininos nas urnas, partidos que não alcançarem esse percentual vão ter de barrar homens na eleição. 


O PSL jaraguaense conta com Luzia Wilbert entre suas pré-candidatas a uma cadeira na  câmara de vereadores, Luzia tem larga experiencia, pois atuou por 26 anos na  AMVALI coordenando colegiados e a Escola de Governo. Também trabalhou na AVEVI (Associação Das câmaras e vereadores da região).

Mudança de partido 


Em Jaraguá do Sul a representante comercial Luzia Wilbert deixou o PTB no final do mês de março. Ela aceitou o convite do pré-candidato a prefeito pelo PSL, Delegado Mioto. Luzia acredita que terá mais chances de se eleger no PSL.

11 de abril de 2020

CORONAVÍRUS


Boletim coronavírus do dia 11 de abril de 2020

A Secretaria de Saúde de Jaraguá do Sul divulga os números atualizados relativos ao coronavírus em pacientes moradores de Jaraguá do Sul. Os dados foram verificados pelo município no Gerenciador de Ambiente Laboratorial (GAL) às 15h30 do dia 11 de abril de 2020. Até o momento, são nove casos confirmados no município, sendo que cinco deles estão recuperados.

71 casos suspeitos, destes:
09 casos confirmados (5 recuperados);
55 casos descartados;
07 casos aguardando resultado.

A Prefeitura de Jaraguá do Sul ainda aguarda informações em relação ao décimo caso de Covid-19 confirmado na tarde de ontem, sexta-feira (10), pelo Governo do Estado de Santa Catarina.

COVID 19

Coronavírus em SC: Governo do Estado prorroga a quarentena e divulga novas regras de funcionamento para comércio e serviços

O Governo de Santa Catarina prorrogou a quarentena adotada para minimizar o contágio do novo coronavírus. Um novo decreto, a ser publicado até este domingo, dia 12, trará a relação de atividades que permanecem suspensas ou autorizadas no estado. Em entrevista coletiva online neste sábado, o governador Carlos Moisés antecipou que continuarão proibidas até 30 de abril a abertura de centros comerciais, shoppings e galerias, assim como o transporte coletivo e a permanência de pessoas em restaurantes, bares, cafés e lanchonetes. Já os eventos, reuniões de qualquer natureza, como aulas presenciais, cursos, missas e cultos, eventos do calendário esportivo da Fesporte, permanência de pessoas em espaços públicos, atividades como cinema, teatro, shows, casas noturnas e similares tiveram a proibição estendida até o dia 31 de maio.
"Essas medidas restritivas estão sendo mantidas porque são atividades de alta possibilidade de contágio", afirmou o governador Carlos Moisés. De acordo com ele, todas as decisões são baseadas no acompanhamento diário de dados como número de casos, mortes e a projeção para os dias seguintes. "Estamos em guerra contra um inimigo poderoso e invisível. É papel do Estado coordenar para que os danos sejam os menores possíveis, mas também contamos com o cidadão para se prevenir e fiscalizar, porque todos nós seremos atingidos de alguma forma por este vírus", expôs o governador.
Um guia com orientações para o convívio responsável foi publicado no site www.coronavirus.sc.gov.br e também pode ser acessado neste link. O documento elenca cuidados que podem ser tomados por qualquer pessoas em diversos ambientes, passo a passo para confecção e uso de máscara de tecido e cuidados de higiene importantes dentro de casa.
Carlos Moisés antecipou que, a partir de segunda-feira, dia 13, haverá a liberação da atividade para hotéis, pousadas e similares, comércio de rua e restaurantes apenas para a retirada do alimento, sem permanência no local. Essas atividades terão regras específicas e, de acordo com o governador, estarão sob forte fiscalização.
"As forças policiais estarão autorizadas a atuar na área de fiscalização de vigilância sanitária. Haverá possibilidade de multa e fechamento do estabelecimento em caso de descumprimento. Os municípios que observarem índices de contaminação mais elevados poderão impor regras mais restritivas e nós vamos apoiar", afirmou Carlos Moisés. A União e os municípios terão autonomia para decidir sobre o funcionamento do atendimento à população dos serviços públicos de que são responsáveis.



O governador reforçou que a análise diária dos dados de saúde podem determinar o fechamento de atividades a qualquer momento. Ele também aproveitou a Páscoa para pedir união dos catarinenses. "Espero que as famílias estejam protegidas. É um momento de reflexão para que possamos, de fato, ressuscitar a esperança dos catarinenses. Desejo que a Páscoa traga união para que passemos por isso, saiamos melhores do que entramos", declarou.
Também participaram da entrevista coletiva online o chefe da Casa Civil, Douglas Borba, os secretários Helton de Souza Zeferino (Saúde) e Paulo Eli (Fazenda) e o procurador-geral do Estado, Alisson de Bom de Souza.

1 de abril de 2020


Comitê pede mudança no modelo de isolamento definido pelo Estado


O Comitê Gestor do Plano de Prevenção e Contingenciamento em Saúde do Covid-19 instituído pela Prefeitura de Jaraguá do Sul com a participação de diversas entidades representativas da sociedade reivindica ao governador Carlos Moisés, em ofício, o pedido para mudança no modelo de isolamento definido pelo Estado de Santa Catarina. O documento tem sete páginas e é assinado pela presidente Emanuela Wolff.

O Comitê cita a boa estruturação de saúde pública no município, a participação efetiva da comunidade no combate ao coronavírus e os avanços obtidos nos últimos dias na orientação e implementação de medidas preventivas. Além disso, os baixos índices de contágio verificados na região norte do Estado, especialmente em Jaraguá do Sul. Medidas já adotadas como a criação de serviços de teleconsulta, ampliação do horários de funcionamento dos postos de saúde e a estruturação dos hospitais da cidade também são ressaltados.

Além disso, o documento cita o pioneirismo de Jaraguá do Sul na desinfecção de locais de grandes circulação e a força-tarefa existente para aquisição de significativa quantidade de “kits” para massificar a realização de testes entre a população.

“Esses dias de restrições foram muito importantes. Reestruturamos todo sistema de saúde nos postos, definimos ações conjuntas com os hospitais, estamos preparados para atender possível aumento de demanda, criamos protocolos que podem servir de modelo. Por isso, pedimos ao governador que avalie a possibilidade de implantarmos agora um novo modelo de isolamento. O Comitê sentiu a necessidade de apresentar a demanda até em função da diferença nas medidas sugeridas pelos governos do Estado e da União ”, explica a presidente do Comitê, Emanuela Wolff.

O ofício sugere ao governador que a partir da próxima semana seja adotado o modelo de “isolamento vertical”, retomando-se a rotina da maioria da população, e mantendo a segregação social do denominado “grupo de risco”, incluindo os idosos, mediante a implantação de diversos procedimentos a serem definidos e também da avaliação diária da situação.

26 de março de 2020

RETOMADA DE ATIVIDADES


Governador Carlos Moisés da Silva lançou o Plano Estratégico de Retomada das Atividades Econômicas de Santa Catarina. 


1. DA PROIBIÇÃO DE ATIVIDADES

Permanecem suspensas as seguintes atividades, pelo
prazo de 7 dias, a contar de quarta-feira, (01/04/2020):
a) A circulação de veículos de transporte coletivo urbano
municipal e intermunicipal de passageiros;
b) A circulação e o ingresso no território catarinense de
veículos de transporte interestadual e internacional de
passageiros, público ou privado, bem como veículos de
fretamento para o transporte de pessoas;

2. DA AUTORIZAÇÃO PARCIAL DE ATIVIDADES

Ficam autorizadas parcialmente as seguintes atividades,
por prazo indeterminado:
A partir de segunda-feira (30/03/2020):
a) agências bancárias, correspondentes bancários, lotéricas
e cooperativas de crédito, exclusivamente para
atendimento de pessoas que necessitem de serviços
bancários presenciais.
A partir de quarta-feira (01/04/2020):
a) As atividades e os serviços privados não essenciais, a
exemplo de academias, shopping centers, bares,
restaurantes e comércio em geral;
b) Atividades do setor hoteleiro;
c) Atividades de Construção Civil;
d) Os escritórios de prestação de serviços em geral;
e) Os centros de distribuição e depósitos;
Regras de funcionamento
1) Para estabelecimentos com permissão de atendimento
ao público e entrada de pessoas:
a) limitação de entrada de pessoas em 50% (cinquenta por
cento) da capacidade de público do estabelecimento,
podendo este estabelecer regras mais restritivas;
b) controle de acesso e marcação de lugares reservados aos
clientes, bem como o controle da área externa do
estabelecimento, respeitadas as boas práticas e a distância
mínima de 1,5 m (um metro e cinquenta centímetros) entre
cada pessoa.
2) priorização do afastamento, sem prejuízo de salários, de
empregados pertencentes ao grupo de risco, tais como
pessoas com idade acima de 60 (sessenta) anos,
hipertensos, diabéticos e gestantes;
3) priorização de trabalho remoto para os setores
administrativos;
4) adoção de medidas internas, especialmente aquelas
relacionadas à saúde no trabalho, necessárias para evitar a
transmissão do coronavírus no ambiente de trabalho e no
atendimento ao público;
5) utilização de veículos de fretamento para transporte de
trabalhadores, ficando a ocupação de cada veículo limitada
a 50% (cinquenta por cento) da capacidade de passageiros
sentados;
3. DA AUTORIZAÇÃO TOTAL DE ATIVIDADES

Ficam autorizadas totalmente as seguintes
atividades, a partir de quarta-feira (01/04/2020):
a) Os serviços autônomos, domésticos e os
prestados por profissionais liberais.

20 de março de 2020

Jaraguá do Sul confirma primeiro caso de Covid-19


O paciente tem 57 anos, histórico de viagem para o Paraguai e procurou atendimento em uma Unidade de Saúde por apresentar sintomas gripais.
O exame para Covid-19 foi coletado no dia 17, terça-feira desta semana. No dia 19, o paciente apresentou piora do quadro respiratório e procurou o Hospital São José, sendo internado. O resultado do exame foi liberado pelo Lacen no final da manhã de hoje.
O paciente permanece internado na UTI da instituição.



Coronavírus (1 de janeiro a 20 de março de 2020 ao meio dia):
18 casos suspeitos;
Um caso confirmado para coronavírus;
Oito casos descartados para coronavírus;
9 casos aguardando resultado de exames.